Seja Bem Vindo (a)

Meu propósito para com este blog, está em coletar e difundir importantes mensagens voltadas para o autoconhecimento, percepções metafísicas, espirituais e poéticas, respeitando e identificando sempre os autores e fontes das mesmas.

Seguidores do Mural

sábado, 3 de março de 2012

CONTAMINAÇÃO EM ATENDIMENTOS DE REIKI


















Este tema é fundamental para entenderem as diferentes vibrações que existem no campo emocional das pessoas e, portanto, no eletromagnetismo das mesmas, pois aqui existe o que definimos como “compatibilidade para contaminação”.

Todo corpo emite energia, isso é uma consideração da física. A energia liberada é relativa ao gradiente da interação nuclear dos átomos que compõem o corpo e as reações químicas. Portanto, o valor da energia é proporcional à produção interna de cada organismo e do gradiente dos chacras. Dessa forma, podemos definir que a emissão da energia existe em toda forma de vida e em toda matéria, devido aos postulados da física e da biofísica.

Quando um reikiano efetua um atendimento, entra em contato com o campo eletromagnético da pessoa que é atendida. Ele mesmo emite energia com suas mãos que irradiam o fluxo do Reiki. Portanto, ocorre um choque entre dois vetores de energia. Aquele que tiver o maior grau de emissão e potência “ganha”.

Até este ponto não existe novidade, porém, ao estudarmos o Reiki a partir da física ocorre um problema muitas vezes não é levado em consideração pelos professores das diferentes modalidades de Reiki: a origem do distúrbio energético do paciente.

Quando uma pessoa está desarmonizada ocorrem alterações em seu campo biológico que levam ao mau funcionamento dos órgãos. A origem desta disfunção é o ponto a ser avaliado. Quando é proveniente de questões químicas é um vetor de energia que é emitida pelo campo áurico, fácil de ser controlada e harmonizada pela energia do Reiki e de seus símbolos.

Mas quando a pessoa possui uma energia intrusa criada pelo seu aspecto emocional psíquico, isso gera um link de comunicação com as suas formas-pensamentos, o que significa um centro gerador constante dentro dos traumas psíquicos que essa pessoa criou no decorrer de anos provavelmente. Portanto, essa fonte de energia é muito maior do que uma simples disfunção bioquímica.

Toda forma-pensamento gera uma realidade paralela na psique da pessoa e dependendo do grau de positivismo ou negativismo, permite a conexão com aspectos benévolos ou nefastos. Neste último caso temos um ponto de ligação com a frequência do Umbral, este que por sua vez, possui a energia de sofrimento.

Milhares de pessoas estão conectadas ao Umbral, o que gera uma abertura vibracional entre esse universo e a nossa realidade, através do sofrimento e das crenças das pessoas.

Conforme for a linha da emissão das formas-pensamentos das pessoas, o gradiente de contaminação com o Umbral é maior, o que significa a irradiação de entidades e parâmetros de sofrimento na fisicalidade dessas pessoas.

Ao efetuarmos um atendimento em pessoas com esse perfil, o grau de emissão de energia é muito maior do que se pode avaliar de imediato. Quanto mais forte for a emanação do Reiki, maior será a profundidade que você penetrará no campo vibracional da pessoa, chegando ao Umbral da mesma.

É neste ponto que existe o perigo de contaminação, principalmente para as pessoas que desconhecem essa possibilidade. O apoio das equipes do plano espiritual é muito importante, pois eles podem desviar o fluxo energético para o Umbral impedindo que ele penetre no campo magnético do reikiano.

Vamos entender um pouco mais da energia Reiki. Ela é a projeção da forma-pensamento do emissor do Reiki, cada escola e seus métodos ensinam a emitir energia de cura e harmonização com símbolos.

O que ocorre é que essa energia e os símbolos do Reiki criam uma abertura no campo eletromagnético da pessoa que irá receber essa energia.

Portanto, você que é reikiano entra no campo energético da pessoa, o que pela física cria uma condição de troca de energia.

Essa troca possui um aspecto desconhecido que é o vetor em que ela se propaga. Pelo conceito da termodinâmica, a energia sempre flui do maior para o de menor gradiente. Portanto, se o cliente está conectado a uma condição de depressão muito profunda, o grau de emissão será equivalente e o conectará com o aspecto delicado chamado de quadro obsessor. Esse quadro coloca a pessoa sobre a irradiação energética de almas sofredoras.

Agora analisemos por outro prisma, quantas pessoas no histórico da humanidade sofreram em suas vidas? São milhões de situações de sofrimento e de injustiças que a história conta e relata em dados que podem ser acessados nos registros que possuímos.


Portanto, o universo de pessoas em sofrimento é uma realidade e não uma utopia. Como a psique gera energia denominada de forma-pensamento, essa é uma emissão de energia que retorna ao seu ponto de origem.

A física mostra que toda energia possui um gradiente de partículas com massa e ondulatório com frequência, portanto o campo eletromagnético do planeta Terra sustenta a variação dessa egrégora de sofrimento, o que podemos constatar diariamente ao vermos os noticiários. Portanto, uma pessoa conectada ao sofrimento está em ressonância com milhões de pessoas ao redor do mundo que possuem o mesmo quadro psíquico.

Qual é, portanto, o gradiente dessa energia mundial de sofrimento que é compartilhada com as pessoas que vibram na mesma frequência? Até que ponto o reikiano está realmente protegido dessa magnitude energética?

A fé até certo ponto pode ajudar, mas na prática, contra as leis da física da irradiação da energia, só uma energia equivalente para bloquear esse fluxo de energia.

Uma das energias para isso é a do Amor. Se essa energia for amplificada pela ajuda dos nossos amparadores da espiritualidade, o gradiente de proteção será muito maior, por esse motivo na CQE o Ancoramento é a base de todos os atendimentos.

As outras escolas de Reiki defendem o jargão de que o reikiano não “pega cargas” ou contaminação de seus clientes, mas na prática vemos que isso é um grande engano. Na medida em que a pessoa emana amor em seus atendimentos, a condição de contaminação é menor, mas quando a pessoa está cansada ela fica acessível à energia de contaminação. Isso ocorre devido ao processo de sincronicidade energética.

Uma pessoa encarnada passou por centenas de situações durante sua caminhada, momentos bons e ruins, com isso existe um registro de situações psíquicas e emocional armazenada em sua memória celular. Ao atender uma pessoa com alguma situação similar, ocorre a ativação da memória celular. Ocorre o que ensinamos em CQE de ressonância vibracional.

Conforme o grau de ressonância o valor da contaminação pode ser muito elevada ou nula, o que significa que todas as pessoas estão sujeitas a se contaminarem, pois as memórias psíquicas do processo emocional da vida até então se manifestam através da sintonização do sofrimento, o que gera o efeito de contaminação. Para minimizar esse processo se indica os banhos de ervas para descarrego.

No entanto, antes disso é necessário entender que todos estão sujeitos a esse processo, pois ao estarmos encarnados na realidade terrestre, estamos aqui para aprender e corrigir nossos erros do passado.

O poder do símbolo é relativo no que diz respeito à contaminação, pois os alunos não são ensinados sobre esse tópico, ele é desconsiderado de forma a só mencionarem os aspectos positivos do Reiki, para vender uma ilusão. Porém, a vida real é muito clara e esses alunos com o tempo irão descobrir que muito do que lhes foi ensinado não condiz com a realidade.

Para poder reverter esse quadro, é necessário entender o apoio das equipes da espiritualidade e respeitar a energia opositora. Não é sábio se colocar como o Todo Poderoso, essa postura arrogante normalmente é o ponto inicial para a contaminação. Enfatizo esse tópico, pois muitos mestres de Reiki se consideram acima dos outros e que nada os pode tocar.

Se analisarmos o Reiki em relação ao mundo do esoterismo e da própria espiritualidade, posso afirmar que é apenas um dos primeiros degraus da caminhada. No entanto, algumas pessoas detentoras do diploma de Mestre em Reiki acreditam que estão acima das equipes da espiritualidade. Essa postura é responsável pelo desvio do entendimento das energias da espiritualidade.

O Reiki é fantástico, porém existem muitas coisas além dela que aos poucos aparecerá na vida de cada um de vocês.

Outro aspecto muito importante sobre a contaminação é referente aos trabalhos de magia, que envolvem um efeito muito mais delicado e poderoso, que pode agredir severamente a vida do reikiano que confronta essa vibração.

A maior parte, até por ignorância, acredita que o Reiki pode confrontar a magia negra e as irradiações das entidades que estão contratadas para essa finalidade. Aqui os ensinamentos do módulo Orixá Reiki Magnificado permitem entender como esse fluxo de energia se propaga.

Os alunos do Reiki OMROM devem ter como base que existe uma proteção emitida pelas equipes da Ordem Santa Esmeralda, e o estudo e a leitura ajudará a entender melhor o fluxo deste tema. Na medida em que vocês peçam ajuda às entidades descritas, a proteção se manifestará e as equipes relacionadas a cada um desses comandantes, serão direcionadas para vocês que solicitaram essa ajuda e apoio.



Fonte do texto:
Por Rodrigo Romo

via: http://angelfairylove.blogspot.com/




__________

Lisa Teixeira
http://muraldecristal.blogspot.com
Março / 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário