Seja Bem Vindo (a)

Meu propósito para com este blog, está em coletar e difundir importantes mensagens voltadas para o autoconhecimento, percepções metafísicas, espirituais e poéticas, respeitando e identificando sempre os autores e fontes das mesmas.

Seguidores do Mural

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Primeiro planeta parecido com a Terra é encontrato: Kepler 22-b



Cientistas confirmaram a existência de um planeta semelhante a Terra na “zona habitável” em torno de sua estrela mãe.
Kepler 22-b encontra-se cerca de 600 anos-luz de distância e tem cerca de 2,4 vezes o tamanho da Terra, com uma temperatura de cerca de 22 graus Celsius.

Kepler 22-b está 15% mais perto de seu sol do que a Terra está do nosso sol, e seu ano dura cerca de 290 dias. No entanto, a estrela do planeta anfitrião tem cerca de 25% menos luz, mantendo a temperatura do planeta amena o suficiente para apoiar a existência de água líquida.

Até agora, esse é o planeta mais próximo parecido com o nosso – uma “Terra 2.0″. O que os astrônomos ainda não sabem, no entanto, é se Kepler 22-b é feito principalmente de gás, rocha ou líquidos.
Kepler 22-b era um dos 54 candidatos a exoplanetas em zonas habitáveis relatados pela equipe de Kepler em fevereiro, e é apenas o primeiro a ser formalmente confirmado usando outros telescópios.
Mais “Terras 2.0″ podem ser confirmadas no futuro, apesar de que uma redefinição dos limites da zona habitável trouxe o número de 54 para 48. 10 deles são do tamanho da Terra.

Durante a conferência em que esse resultado foi anunciado, a equipe de Kepler também disse que avistou 1.094 novos candidatos a planetas. O número total de candidatos encontrados pelo telescópio está agora em 2.326 – dos quais 207 são aproximadamente do tamanho da Terra.

Os resultados sugerem que os planetas que vão desde o tamanho da Terra a cerca de quatro vezes o tamanho da Terra – os chamados “super Terras” – podem ser mais comuns do que se pensava.
O telescópio espacial Kepler foi projetado para olhar para uma faixa fixa do céu, para cerca de 150.000 estrelas. O telescópio é sensível o suficiente para ver quando um planeta passa na frente de sua estrela-mãe, escurecendo um pouco a luz da estrela.

Kepler identifica essas pequenas mudanças na luz das estrelas como candidatos a planetas, que são depois confirmados por observações de outros telescópios em órbita e na Terra.
Conforme os candidatos a planetas semelhantes à Terra são confirmados, a Busca por Inteligência Extraterrestre (Seti, na sigla em inglês) tem um foco mais estreito para sua caça.

“Esta é uma oportunidade excelente para observações”, disse Jill Tarter, do Seti. “Pela primeira vez, podemos apontar nossos telescópios para as estrelas sabendo que elas realmente hospedam sistemas planetários – incluindo pelo menos um que se aproxima da Terra na zona habitável em torno de sua estrela mãe”, completa. [BBC]








__________

Lisa Teixeira
Abril / 2014




domingo, 16 de março de 2014

"NÍVEIS de CONSCIÊNCIA e ASCENSÃO EVOLUTIVA"


“Um ser disciplinado tende a seguir sempre a voz da sua consciência desperta mais elevada, reconhecendo-a e não fortalecendo a relação com os chamados de suas outras consciências mais inferiores (físico, emocional e mental concreta). A obediência à consciência individual mais elevada é uma prática imprescindível que realinha o ser humano no caminho da sua evolução [...]

Cada nível de consciência humana segue um ciclo (biorritmo) com fases de potencialização ascendente e descendente segundo a sua natureza: Físico (23 dias), emocional (28 dias), mental (33 dias), intuitivo (38 dias), corpo de luz (43 dias), monádico (48 dias) e avatárico (53 dias) [...] A alma traz a atividade do serviço altruísta como a sua principal característica inerente. Vivencia a experiência em si com o foco no outro. Flui através da voz interna (intuição) e experimenta o processo místico da iluminação.

Ainda sendo uma consciência eminentemente terrestre, ini¬cia o contato consciente com seres cósmicos e adere o serviço planetário, mesmo sem um discernimento superior e potencial para repudiar o que atrasa a Terra para a evolução cósmica [...] Uma consciência inferior não tem capacidade de compreender uma superior.

Alguns termos de natureza cósmica só se fazem verdadeiros e compreendidos através da experiência direta, quando a consciência divina do ser humano desperta. Paz, plenitude, destemor, imortalidade, impessoalidade, onipresença, unidade integrada a Deus e abundância são experiências somente acessadas pela consciência di¬vina do ser humano.”

(Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, págs 139, 144 e 145)


Dentro da estrutura que constitui o corpo holístico do 'Ser Humano', há diferentes níveis de estratos que captam e decodificam esta dualidade terrestre de formas correspondentes. As nossas realidades mais inferiores são captadas pelas nossas mentes concretas, que ainda não têm maturidade para questionar o valor da dualidade e é prisioneira desta experiência que tende a gerar sofrimentos como consequência inerente desta realidade. É a vida no Ego.

Neste momento de transição cósmica para a Terra, a maior parte dos integrantes do Reino Humano deste planeta que estão se manifestando nos planos materiais estão limitados a esta realidade inferior dual e de sofrimento. Acima da mente concreta, as nossas mentes abstratas nos conectam com as realidades de nossas almas e possuem uma maturidade para observar que, por trás das experiências polares da dualidade terrestre, há um propósito inteligente que nos oportuniza os aprendizados evolutivos que são propostos por esta escola de Amor Sabedoria.

É através do despertar desta nossa mente abstrata que conseguimos ir nos liberando das experiências puramente materiais e perceber, também, que cada evento manifestado nesta Terra pode ser visto sob qualquer polaridade. Ou seja, começamos a ver o ‘Bem’ por trás do ‘Mal’, da mesma forma como começamos a ver o ‘Mal’ por trás do ‘Bem’, em um trânsito que a nossa própria consciência realiza observando o ‘teatro da vida’ que se expõe diante o seu julgo. E esta percepção, ainda dual mas investigativa, vai nos preparando para sintetizarmos esta relação polar e depois fundi-la numa só experiência que parte da oitava dimensão cósmica.

É também esta nossa mente abstrata que nos faz vivenciar os estados da ‘santidade’ e da ‘iluminação’, como produtos de um comportamento elevado diante a dualidade terrestre. A mente abstrata é altruísta por natureza e, por esta razão, ajuda em muito a disseminar o bem por todo o planeta. Para a sua experiência, o bem é a essência mais importante da vida e o trata como um fim nobre que deve ser alcançado incondicionalmente e de forma inclusiva.

 Porém, a sua imaturidade cósmica e os seus desejos sutis positivos ainda não lhes permitem compreender totalmente os propósitos da dualidade. Para esta mente, o mal ainda deve ser combatido de frente, mesmo sem uma visão atemporal integral que justifique esta necessidade. A mente mais elevada que o Ser Humano da Terra experimenta, como agente receptor e decodificador de suas experiências, é a mente simbólica cósmica.

Neste estágio de compreensão da vida, este ser que conseguiu despertar para esta experiência e continua dentro de um corpo humano, não é mais considerado sequer um integrante do ‘Reino Humano’, sob a ótica dos ensinamentos, pois este ser passou a ser um integrante do ‘Reino Espiritual’. Neste caso, este ser tem consciência das realidades espirituais que se manifestam em sua vida, contata consciências imateriais sem formas, alimenta-se principalmente da Luz da Fonte que se apresenta voluntariamente para ele e é um servidor cósmico útil para o cumprimento dos propósitos mais elevados de Deus para os seus Universos.”

 (Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 112 e 113)

“Evoluir é tornar-se mais consciente, mais lúcido. Portar mais luz em si. Tornar-se mais consciente é estar mais em Deus. É praticá-lo [...] O que nos faz evoluir não é o que queremos aprender, mas o que precisamos aprender [...] A transformação ideal é fruto de uma necessidade sensível e real do ser humano, não de um convencimento forçado, de uma crença imposta ou de uma ação opressora. A evolução da consciência humana requer transformações.

Quanto mais suscetível ao novo e tolerante à evolução estiver o ser, mais equilibrada e harmônica será a sua transformação [...] Três momentuns sustentam o processo evolutivo: a criação, a manutenção e a dissolução. A sabedoria maior pondera e equilibra inteligentemente a necessidade fundamental destes vetores. Não há valor maior para o poder da criação ou da dissolução, só há um momentum adequado para cada iniciativa [...] Na Terra, há seres humanos que foram provados o suficiente pela sabedoria dos céus, não só nesta órbita, mas em outros pontos do Cosmos.

Estes guardam a confiança superior em quem Deus pode investir com segurança para o seguimento da evolução [...] Perante a evolução cósmica, quem está à frente auxilia quem está atrás, necessariamente. Portanto, mestre e discípulo são a manifestação simples desta lei. Nada mais que isto. Até mesmo um ser para se tornar totalmente liberto, na Terra, tem que auxiliar outros a se libertarem. Ou seja, a própria sabedoria da vida ensina que a humanidade tem que andar junta e de mãos dadas, uns conduzindo os outros [...] Quanto mais evolui o ser, menos ele vai perdoando. Pois ele vai abandonando o julgamento e discernindo que cada um age de acordo com o seu nível de ignorância e sabedoria.

Não há culpa e o que ser perdoado para o sábio [...] Todos os elementos que compõem a vida externa de um ser são correspondentes ao nível de evolução em que ele se encontra atualmente, à sua necessidade dhármica. Desde estrutura familiar, acesso a bens materiais, localização geográfica do seu país e cidade, climatologia de contato, relacionamentos interpessoais até eventos como doenças, acidentes e mortes são componentes correlacionados com as necessidades evolutivas para o ser. Quanto mais desperto vai ficando um ser, mais ele vai percebendo isto [...]

Diante a evolução humana inferior, o ser trabalha arduamente movido pelo desejo até que, tocado pela sabedoria interna, ele aprende que o caminho superior é o do menor esforço movido pela simples intenção amorosa. O desejo sucumbe, eleva-se o amor [...] A informação certa e adequada para a evolução chegará até o ser humano, no momento preciso e sincrônico, quando ele estiver preparado ou uma necessidade oculta e maior precisar se impor. Da mesma forma que o mestre só aparece quando o discípulo está pronto, em sua sabedoria divina, Deus ajusta cada fase evolutiva harmonicamente dentro das necessidades individuais e coletivas dos elementos da existência. Somos sempre conduzidos, observados e amparados, ante as nossas necessidades [...]

O movimento que caracteriza a evolução no Amor Sabedoria é o de aceitação, onde a consciência se expande e abarca todas as realidades que perpassam o seu caminho. Quando um ser exclui e rejeita alguma forma de expressão do todo, está rejeitando parte de si próprio originado pela sua consciência última, a Fonte. Eis a ignorância [...] Cada ser humano alcança determinadas maestrias e recebe dons para cumprir a sua missão e trilhar parte da sua evolução. Cada maestria e dom vêm para complementar a grandeza da unificação em um mesmo objetivo: a realização da Fonte [...]


As experiências vivenciadas na vida do homem comum são tão importantes quanto as experiências da autorrealização, da iluminação ou do acesso ao plano divino. Cada etapa da evolução da consciência humana tem o seu justo valor e deve ser reconhecida como fundamental para a visão integral do caminho a ser trilhado [...] Alguns seres humanos acabam não tendo sustentação interna para acompanharem a evolução de outros e ficam para trás no caminho. É a natureza justa da vida [...] Em termos evolutivos, um ser que está à frente no caminho pode apresentar realidades totalmente incompreensíveis para outro que se encontra mais atrás.

Assim é a natureza ascensional. Uma dimensão superior abarca e compreende uma dimensão inferior. Por sua vez, uma dimensão inferior não tem capacidade de penetrar a natureza de uma dimensão superior [...] Citar Jesus, Siddartha Gautama, Krishna, Pitágoras, Confúcio, Lao Tsé, etc... é nada mais que reviver referências de um passado recente.

Ainda assim, é sair do momentum quântico primordial do agora atualizado para rebuscar alguma experiência destes seres que possam ser de valia para a formação individual de quem necessite. Suas memórias serão, natural e paulatinamente, deixadas para trás com a evolução cósmica em andamento, assim como foram deixadas as memórias de dezenas de outros mestres que vivenciaram as suas experiências, na Terra, há centenas de milhares de anos.”

(Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)

 "O plano de evolução da consciência humana terrena para o Cos¬mos é orientado e acompanhado por seres supra-humanos cósmicos em conjunto com outros reinos paralelos, que regem esta evolução a partir das dimensões imateriais mais elevadas. Estes seres formam uma Irmandade Planetária conhecida como Fraternidade Branca. Dentro deste projeto evolutivo, ocorrem os processos de expansões de cons¬ciência aos quais se denominam ‘Iniciações’. Desta forma, a transição ascensional de uma consciência humana para outra ocorre através das iniciações.”

(Do livro “VIA CORAÇÃO, caminhos da transformação”, pág 138)

"Nestes próximos anos, a vida posicionará mais fortemente o ser humano frente às suas limitações. Os espelhos cósmicos para a Terra ficarão mais sensíveis e perceptíveis. Um grande aprendizado evolutivo se dará nas consciências individuais e coletivas da humanidade. Virtudes também aflorarão. Cada ser poderá fazer as suas escolhas diante o que ficará exposto. Desta forma, carências e excessos poderão equilibrar-se, beneficiando uma purificação planetária rumo a uma futura harmonização. Eventos externos encaminharão as transformações necessárias para os diferentes reinos da Terra [...]

Não há um só pensamento, um só sentimento ou uma só ação que não seja captado e fique registrado na rede de arquivo do Cosmos. Desta forma, todas as necessidades inerentes à evolução são acompanhadas, sustentadas e nutridas [...] Já há os que pressentem o novo tempo. Se fará notado em todos os lugares, penetrará em todas as vidas e transformará as realidades. Já é percebido pelos mais sensíveis e já promove as mudanças necessárias inicialmente. O momento cósmico das conjunturas estelares requer. Urge uma renovação em prol da evolução. Uma paz duradoura vem fluindo pelos éteres [...]

O homem evolui através da sua própria superação. Este processo se dá por uma conjuntura de provações seguidas pela qual ele necessariamente passa. A inteligência superior da vida multidimensional oriunda da Fonte se encarrega de construir os contextos adequados para a manifestação do campo de provas [...] Em essência, não há nada estático ou imóvel no Cosmos. Até mesmo uma pedra encontra-se em movimento evolutivo. Da mesma forma, o homem seguiria a sua saga espontaneamente sem se desgastar em tantas lutas e conflitos [...]

Estamos em um momento especial da existência, não só para a Terra e este sistema solar, mas também para a nossa galáxia e o nosso universo local. Aos poucos, todos os reinos estão sendo ajustados para transformações maiores. Trânsitos e purificações. Verdades ocultas se expõem e a evolução segue a sua ordem [...] A alma humana possui limitações em sua consciência que a faz conviver naturalmente com aspectos involutivos para o atual momento da Terra. A alma é uma consciência inerentemente inclusiva que não tem poder repulsivo sobre o que atrasa a evolução da humanidade planetária e o alinhamento harmônico da Terra com o Sol.

Ela quer auxiliar e servir a tudo e a todos positivamente, tendo comportamentos inaceitáveis para o espírito. Somente a consciência mestra e cósmica do espírito, que vê além da vida planetária, consegue discernir o mais adequado para este momento de transição planetária [...] Há seres humanos que não precisam acessar informações evolutivas diretamente por meio de mestres encarnados, livros ou doutrinas instrutivas. São capacitados com um alto nível intuitivo que lhes permitem acompanharem a evolução simplesmente absorvendo em silêncio os impulsos que vêm da Fonte que sustenta a vida. Podem andar a sós, até um determinado ponto do caminho. Grandes iniciados [...]


A passagem da Kali Yuga para a Krita Yuga com o retorno de Krishna do Hinduísmo; a passagem da era do ferro para a era do brilhante do Brahma Kumaris; a separação apocalíptica do joio e do trigo com o retorno do Cristo profetizado na Bíblia Cristã; o encerramento do Calendário Maia e o advento das sete profecias Maia, com o final da noite galática; a passagem da era de peixes para a era de aquário da Astrologia; o retorno do Buda Maitreya no Budismo; a Operação Resgate da consciência cósmica do Esoterismo Ufológico; a transformação da quinta sub-raça humana da Teosofia; a passagem da Terra de provação e expiação para regeneração do Kardecismo; a ascensão planetária para a Era de Ouro de Saint. Germain da Fraternidade Branca; a federação da Terra à Confederação Intergaláctica, por Sírius, do esoterismo cosmológico e o movimento da Nova Era são citações que convergem para um mesmo evento que já está em pleno andamento e se intensificará, nos próximos anos.

Os mais sensíveis unificam estas leituras diferentes, compreendem-nas e percebem-nas acontecendo sinteticamente na face do planeta, em sua vida diária e nos eventos da humanidade [...] O amor sabedoria é a essência que permeia e nutre toda a existência deste quadrante cósmico, no qual a Terra está inserida. O que a humanidade conhece como carma é uma das expressões deste amor sábio que ajusta, equilibra e harmoniza todos os aprendizados para uma evolução superior [...] Aquele que não convive com algo que o motive e o desafie está estagnado, acomodado e fadado a um sofrimento atemporal. Os desafios são fontes propulsoras essenciais e inerentes à evolução do todo.”

(Do livro “VIA TERRA, caminhos da luz”, Horácio Netho)

 “O ego só tem interesse pelas experiências externas da vida. Vive exclusivamente focado nelas e valida a sua realização pessoal plenamente nas sensações superficiais que caracterizam a sua ilusão transitória. A alma desperta para a vida interna, ensina e sensibiliza a consciência humana para as experiências internas da vida, através da atividade da energia cerebral feminina da mente direita. Valoriza as artes, o altruísmo, aspira o transcendente e se aprofunda nas suas experiências sutis e abstratas. Ilumina-se e reconhece os limites da ilusão da vida externa da Terra.

Por sua vez, o espírito unifica as experiências externas e internas complementares no jogo simbólico da vida. Nada mais se encontra em separado para a sua visão. Sua energia cósmica e sutil lida com essências imateriais que se podem conectar à Terra, mas que são emitidas de além da sua órbita. O espírito não terrestre e não humano pode se manifestar, voluntariamente, neste reino para abrilhantar e encantar mais a vida neste planeta com os seus profundos mistérios inerentes da sua mágica supranatureza.”

(Horácio Netho)



AURA
CONSCIÊNCIA
MENTE
ATIVIDADE
POLARIDADE

EGO/SOMA
 fricativa
tamásica
 físico, emocional
 e mental
 mente
concreta
 Concentração
( Dharana )
dualidade ativa
ying (fem) negat.
yang (masc) posit.

ALMA
 elétrica
rajásica
intuição
e corpo de luz
 sobremente
abstrata
Oração e Meditação
( Dhyana )
intuição dual  /
equilíbrio polar
no corpo de luz
ESPÍRITO
METAFÍSICO
cósmica
sátvica
mônada
e avatar  
supramente
simbólica
 Contemplação
( Samadhi )
síntese polar e neutralidade 


AÇÃO NA
VIDA
AMOR
ATRAÇÃO
AMOR
CRIAÇÃO
AMOR
VALOR

EGO/SOMA
separatista
sub-existência
inferior horizontal

opostos

filhos
físico denso
 apegos, ira,
ciúmes, etc.

ALMA
serviço coletivo
  planetário altruísmo
afinidade, identidade
ideais afins
artes, pintura, música, dança, linguagem, etc.
estético e moral
 apoio e companhia
ESPÍRITO
METAFÍSICO
realização vertical
transcendente
pré-destino
missão
procria luz à humanidade
harmonia, ética, beleza, sabedoria







via: http://horacionetho.blogspot.com.br

EXPANSÃO DESTE TEMA: http://confederacaointergalactica.blogspot.com.br/2013/01/niveis-de-consciencia.html



_____________

Lisa Teixeira
Março / 2014


quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

A verdade atrás dos sigilos sobre a Ufologia no Brasil.




2011: Registros gravados comprovam comunicação de oficial da Aeronáutica (Cindacta- Brasília) e piloto da Transbrasil, quando estavam sendo perseguidos por OVNIs.

Isso em 2008, há 13 anos atrás. Imagens impressionantes, que deram ao Fantástico da Globo (na época narrado por Cid Moreira) um ‘prato cheio’ provando (ou quase isso) a existência de extras- terrestres sondando e sobrevoando o Brasil, inclusive o Planalto Central de Brasília. Incrível.

Vale a pena ver, pois daqui há alguns anos qualquer pessoa deverá estar bem informado sobre estas evidências (que a Globo e o Governo não divulgam mais ). Repostado por Jornal da Região palestina (SP) Serginho Roncolato Apolo – Sergio - centro integrado de defesa e controle aéreo.













___________

Lisa Teixeira 
Janeiro / 2014

domingo, 12 de janeiro de 2014

Os Verdadeiros Discos Voadores (A Mentira Revelada)

 
 
DOCUMENTÁRIO DISCOVERY CHANNEL

Sinopse: Já pensou se discos voadores fossem reais? E se Hitler tivesse uma nave e planejasse atacar Nova Iorque? E se os americanos desenvolvessem um disco voador impossível de se detectar e a CIA utilizasse alienígenas invasores como disfarce para projetos militares ultra-secretos.

Este documentário vai mostrar que isso é tudo verdade! Desde o momento em que um piloto norte-americano alegou ter visto “pratos voadores” sobre os céus de Washington, em 1947, o mundo inteiro ficou obcecado pelos Objetos Voadores Não-Identificados (Óvnis).

Apesar de um grande número de pessoas estar convencido de que estes objetos têm sua origem em outras galáxias e da preocupação dos governos em negar sua existência, já se sabe que um grupo de homens foi secretamente designado para projetar, construir e pilotar autênticos discos voadores.

Este especial de uma hora de duração irá viajar com os telespectadores em busca destes fantásticos objetos que ainda existem pelo mundo. Os Verdadeiros Discos Voadores apresentará as histórias contadas pelos homens que projetaram e pilotaram esses supostos Óvnis da vida real.
 
 
 
 
 

 

Créditos: canal de Guto Lopes·

 
***
 
Agradecimentos à colaboração de Naldir Ferreira Serpa Filho

***
 
- Leia também -
OVNIs - Luzes se movendo velozmente no céu, objetos pairando no ar, interferência nos rádios. Conheça os mitos e os mistérios que cercam os objetos voadores não identificados.