Páginas

Seja Bem Vindo (a)

Meu propósito para com este blog, está em coletar e difundir importantes mensagens voltadas para o autoconhecimento, percepções metafísicas, espirituais e poéticas, respeitando e identificando sempre os autores e fontes das mesmas.

sábado, 10 de novembro de 2012

As dores da Transição: quais são as suas?



Das centenas de mensagens que recebemos diariamente, seja por email, seja através do grupo de Trabalhadores de Luz no Facebook, um tema parece recorrente: dores físicas associadas tanto aos exercícios e procedimentos propostos para a Construção do Veículo, quanto algumas crônicas, que acompanham as pessoas que estão, de alguma forma, sintonizadas com as mudanças e nem começaram ainda, o processo consciente de construção do oitavo chakra.

O que poderia significar tudo isso? 

Algumas explicações se fazem necessárias, na medida em que notamos que o fato parece ter aumentado nos últimos dias e nem tudo o que nos relatam tem relação com as mudanças… Em primeiro lugar, vamos pensar que apesar de muitas pessoas terem sim, um certo apelo ou chamado quanto a “esses assuntos” (colocamos entre aspas, porque é como se referem nos emails, ao Cosmo, Kundalini da Terra, campo eletromagnético, Calendário Maia, pleidianos, Era de Cristal, etc.), não são todos que, efetivamente, trabalham seus corpos sutis, muito menos seus próprios pontos de energia, considerando apenas os chakras principais… Isso quer dizer que estão destreinados, enferrujados, pouco flexíveis em seus corpos energéticos. Aqueles que já tentaram recuperar o sedentarismo no primeiro dia de volta à academia de ginástica, sabem exatamente do que estamos falando: acordaram “quebrados” no dia seguinte. Em segundo lugar, precisamos cercar as possibilidades e para isso, nos utilizamos tanto das mensagens que foram canalizadas, quanto dos relatos que nos chegam e podemos afirmar: nem tudo é fruto da transição, ou resistência da mente consciente. Muitos problemas físicos que não apareciam antes deste período podem ter emergido depois que começaram a prestar atenção em seus corpos, e ainda, será que já não estava lá aquela dor e você começou a prestar atenção nela, por estes dias?
Com o objetivo prático de separar os casos, listaremos um conjunto de sintomas relacionados a esta época de transição, tendo ou não feito os exercícios, alinhamentos, ou veículo:

Sintomas Físicos: 

- região da cabeça, dor ou sensibilidade: no topo da cabeça (chakra coronário);
- na área da testa (chakra pineal); sobre os olhos (chakra pineal);
- nas têmporas (chakra pineal/coronário);
- região do pescoço, dor ou sensibilidade: na garganta, laringe ou faringe (chakra laríngeo);
- na nuca (chakra laríngeo), na musculatura do pescoço (chakra laríngeo)
- região do tórax, incômodo ou sensibilidade: palpitações (chakra cardíaco); impressão de taquicardia (chakra cardíaco); impressão de aumento da área do tórax (chakra cardíaco); área do timo sensível (chakra cardíaco)
- palmas das mãos formigando, muito quentes ou transpirando (chakra cardíaco: as mãos são extensões do cardíaco, energeticamente)
- tonturas e vertigens (chakra pineal/ laríngeo/coronário)
-processos alérgicos, principalmente respiratórios (chakra cardíaco)

Sintomas psíquicos/emocionais: 

- desorientação – espacial, temporal, de ideias (começar a falar e esquecer; andar sem rumo, etc.)
- angústia
- impaciência/prostração
- depressão/euforia
- ansiedade -  impressão de estar no lugar errado, de fazer a coisa errada, de estar com as pessoas erradas…
- aumento de carga emocional: rir descontroladamente; chorar “por besteira”; vontade de sair abraçando todo mundo; revolta, em alguns casos;
- sonhos muito intensos e vívidos, cuja lembrança permanece depois de acordar.

 Agora tente encaixar-se num dos casos: 

Caso 1: Se você está sentindo qualquer uma dessas coisas e atualmente, está em processo de ativar seus chakras, seu oitavo chakra e de mergulhar no Espaço do Coração, saiba que isso é possível. Não é obrigatório, mas pode, eventualmente, acontecer, caso o seu sistema energético esteja “enferrujado” (você não o trabalha com frequência) ou bloqueado, ou até mesmo, superativado. Os sintomas no seu corpo são reflexos da mudança no seu padrão energético e também, são reflexos da mudança energética da Terra.

Caso 2: Se você está sentindo alguma dessas coisas e já lida constantemente com suas energias (reiki, cromoterapia, acupuntura, meditação, etc.), mas ainda não trabalhou o alinhamento, o exercício do Espaço do Coração ou o oitavo chakra, pode estar sentindo um apelo energético para fazê-lo. Os sintomas no seu corpo são reflexos da mudança energética da Terra. Porém, tanto no caso 1, quanto no caso 2, os sintomas melhoram depois de um período de repouso, de alimentação balanceada e de hidratação correta e constante, principalmente, quando sentiu isso após o Exercício do Espaço do Coração, um dos alinhamentos energéticos e/ou da construção do veículo.

Caso 3: Se você não trabalha suas energias (reiki, cromoterapia, acupuntura, meditação, etc.) e também não começou nenhum processo de alinhamento energético, do Exercício do Espaço do Coração e da construção do oitavo chakra, por favor, pense em consultar um profissional ligado à area de saúde. Os sintomas descritos acima são sempre leves, de curta duração (os sintomas físicos, permanecem, às vezes por horas, mas não por dias) não agudos e muito menos, impossibilitam o indivíduo de exercer suas atividades e tarefas, ou provocam dores fortes. São mais impressões, sensações do que dores, propriamente ditas. A parte energética dos seres é tão real quanto a física, mas cada uma requer tratamentos e cuidados distintos quando estão disfuncionais.

Os médicos “da Terra” são profissionais competentes e sabem o que fazer com nossos corpos. Não descuide de sua saúde física! Quanto à grande maioria dos “doloridos”, daqueles que estão em seus processos de mudança, o alerta é em termos de equilíbrio geral. As impressões têm relação com foco (nos exercícios, prestamos atenção em nossos batimentos cardíacos e pulsações), com ampliação de nosso corpo energético (o fluxo muda para o tórax e centra-se nos chakras cardíaco, laríngeo, pineal e coronário), com a produção consciente de um novo chakra (o veículo de acesso interdimensional, é uma nova construção energética) e por fim: com a atenção que estamos dando a tudo isso… Enfim, ouvimos o tal do chamado e estamos nos trabalhando… A mente racional nos dá o espaço que precisamos, ou cria uma série de obstáculos e sensações físicas para que a deixemos no controle?

Então: alinhe-se com as melhores vibrações, cuide de sua alimentação, hidratação e repouso e preste atenção ao seu corpo: a transição pode causar um ou outro desconforto transitório em algumas pessoas, mas nada que seja agudo, grave, ou dolorido. O processo é de transformação para evoluirmos; por isso e para isso, temos que ficar muito vivos e cada vez mais saudáveis e não ao contrário! Perceba-se e Seja Luz!




Fonte: http://eradecristal.org


_____________

Lisa Teixeira
Novembro / 2012

Um comentário:

  1. Ainda bem que tenho esse refúgio,estou aprendendo muito.
    OBRIGADA!!!!!

    ResponderExcluir